Piauí

Piauí: Destino de experiências e berço de talentos

Rota das emoções com a natureza e com a cultura


O Piauí é um roteiro que oferece diferentes experiências e promove novos conhecimentos.

O Piauí é um roteiro que oferece diferentes experiências e promove novos conhecimentos. O clima fresco da sua serra surpreende aqueles que imaginam a região nordeste de forma homogênea e submetida a viver todos os dias com o mesmo clima. Os festivais de inverno na região serrana piauiense são um sucesso. com visitantes de todas as regiões vivendo uma experiência cultural de muita qualidade.

As surpresas não se esgotam com a variedade da natureza climática, a cultura produzida no território é igualmente surpreendente e segue criativa na vida de suas comunidades, inventando soluções e alegria, criando beleza e poesia.

Saberes e Fazeres

“Existirmos, a que será que se destina” (Caetano Veloso)

Inspirado na brevidade da vida do poeta piauiense Torquato Neto, a música de Caetano Veloso ecoa a mais antiga de nossas reflexões filosóficas.
As representações ancestrais, encontradas na região da Serra da Capivara, preservam algumas pistas da longa trajetória da vida humana.
O artesanato é também uma forma de registrar a nossa história. Os objetos trazidos pelo saber fazer das mãos revelam nossos talentos, necessidades e crenças.
Das fibras à cerâmica, das representações de animais aos anjos e santos, o artesanato do Piauí é reconhecido pela sua qualidade.

O artesanato do Piauí é um reservatório de novidades para o luxo, para o design de interiores e para a moda. As experiências culturais oferecidas pela riqueza de suas criações, aliadas aos bons propósitos de toda a sua cadeia produtiva, agregam o charme da originalidade aos estilos dos consumidores.

O desenvolvimento da produção artesanal piauiense vive em sintonia com as oportunidades disponibilizadas pelo novo olhar dos consumidores, que atentos aos valores do comércio justo, sensíveis ao caráter sustentável dos manejos, são estimulados pelo desejo de que, com esses objetos extraordinários, possam poetizar um pouco mais as suas vidas.

Opalas de Pedro II: indicação geográfica e orgulho nacional

No norte do Piauí, uma pedra preciosa que concentra todas as cores do arco-íris encantou o mundo todo: a opala levou fama para a cidade de Pedro II, conhecida também pelo clima ameno, pelas cachoeiras e lindas paisagens de serra.
A opala é encontrada em apenas dois pontos em todo o mundo: na Austrália e nas minas de Pedro II. E, segundo pesquisadores, apenas 10% da opala de Pedro II foi explorada.
Diferentemente dos processos da extração em grande escala das opalas australianas, as piauienses são extraídas num ritmo lento. O seu garimpar é feito de forma totalmente artesanal e realizado pelos pequenos produtores locais. Dessa forma, a atividade produz oportunidades de trabalho para a comunidade e é responsável pela manutenção de grande parte da população no seu território.
O cuidado com todas as etapas do processo produziu um diferencial a mais às opalas de Pedro II, que hoje são chanceladas pelo selo IG de identificação geográfica. A certificação de origem é um atributo valioso no ambiente do comércio internacional, que tem prestigiado as marcas associadas ao movimento da joalheria ética e responsável.

Piauí: Modos de viver, criar e produzir

A Cerâmica Serra da Capivara

A Cerâmica Serra da Capivara foi fundada em 1992, pela arqueóloga Niède Guidon e hoje emprega cerca de 30 artesãos que moram no entorno do Parque Nacional. É um projeto que procura aliar a preocupação ambiental com o desejo de inclusão social e econômica.
A cerâmica produzida possui certificações do meio ambiente, pois seu manejo é consciente, não havendo prática de escavação do solo. Além disso, o processo de queima das peças é feito a gás e não a lenha. As pinturas rupestres da Serra da Capivara são a inspiração dos artesãos que plasmam nas peças os desenhos conservados por sua terra. Cenas de beijo, parto, caça, animais em movimento são alguns dos temas que se encontram gravados nos sítios arqueológicos da Serra da Capivara.

Piauí: Modos de viver, criar e produzir

Mestres santeiros do Piauí: referência nacional

As especialidades se destacam em diferentes segmentos dos ofícios. Nas esculturas religiosas são reconhecidos como os grandes mestres ‘santeiros’. Aqueles que conhecem os segredos das madeiras e como trazer ao mundo as representações do sagrado.
A diversidade de figuras representativas das religiosidades populares brasileiras ganha expressão na Arte Santeira. Com a técnica do entalhe em madeira, os artesãos e artistas populares de Teresina imprimem na madeira a imagem de diversos santos, anjos, arcanjos e apóstolos. A arte santeira faz parte do Patrimônio Cultural brasileiro e é reconhecida como Patrimônio Cultural do Piauí.

Piauí: Modos de viver, criar e produzir

O artesanato na fibra

Regatada pelos saberes dos povos originários da região, a produção de cestarias e dos objetos feitos a partir de fibras de buriti, tucum e agave, fazem parte da formação da cultura piauiense.
As comunidades se organizam em grupos e associações e desenvolvem linhas de produtos utilitários e decorativos com as suas técnicas do tecer com fibras naturais. A produção artesanal dos diferentes grupos preserva os saberes relativos às suas culturas, fortalece as identidades das regiões, ao mesmo tempo que gera renda e oportunidades para a população locais.

Piauí: Modos de viver, criar e produzir

Associação das rendeiras de Morros da Mariana

As mãos das rendeiras de Morros da Mariana se movem com tanta rapidez que os olhos mal conseguem acompanhar os movimentos dos bilros, hastes de madeira em formato de cilindro que sustentam as linhas que são rendadas. É um trabalho complexo que exige paciência e dedicação. As rendeiras se sentam diante de uma almofada de pé de arroz, onde colocam o desenho que serve como molde e que guia a tessitura complexa do vai-e-vem dos bilros.
Na Associação das Rendeiras de Morros da Mariana, mais conhecida como Casa das Rendeiras, foi fundada em 1992. Lá as cerca de 20 artesãs possuem um kit de trabalho com almofada, bico e linha. Elas já foram contempladas duas vezes com o Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato. Hoje, a Casa das Rendeiras se tornou atração turística da cidade (texto Arte Sol).

Piauí: Modos de viver, criar e produzir

Associação Artesanal Xique-Xique

A história da produção em tecelagem no Piauí passa pelo município de Pedro II, localizado na região serrana a 195 km de Teresina.

A fabricação artesanal de redes de dormir, colchas, tapetes e toalhas é importante fonte de renda para a região. A criação da Associação Artesanal Xique-Xique de Pedro II expressa o crescimento da tecelagem no município. Lá são confeccionadas peças diversas em teares de grade e de parede.
A Associação “criou asas” e imprimiu um estilo próprio às criações. A linha da produção se baseia nas características do fazer tradicional dos pontos antigos resgatados. Com o aumento da demanda pelos produtos artesanais, a associação ampliou as suas linhas criando novidades que atendem às tendências de mercado.

Filtre um evento CRAB

Tipo do Evento
Modalidade
Estado
Valor
Funcionamento do CRAB no feriado de Corpus Christi
📅 Quinta-feira, 30/05 - fechado
📅 sexta-feira, 31/05 - aberto
📅 Sábado, 01/06 - aberto